sábado, 8 de outubro de 2011


Mulher  vagabundaaaaa !!

Há alguns dias atrás ouvi algo que me deixou extremamente indignada, principalmente por ter vindo de um homem com pensamentos e atitudes “modernas”. Ele disse que uma mulher  não pode ficar com quem  quiser, que mulher que namora muito não casa, porque os homens não querem assumir como esposa uma vagabunda,piriguete,pegadora,ninja,galinha...(enfim todos esses nomes preconceituosos que são utilizados de maneira pejorativa para definir as mulheres).
Como pode em pleno 2011, um homem ainda pensar dessa maneira?? BESTEIRAAAAAA !!!! Nós mulheres somos livres para ficarmos com quem quisermos, na hora que quisermos e por que não com quantos quisermos?? Não estou defendendo a promiscuidade mas sim o direito de poder fazer da vida particular, amorosa o que quisermos. Já tivemos que ultrapassar várias barreiras. Se podemos trabalhar fora e dentro de  casa, assumindo jornadas duplas, triplas de trabalho, porque não podemos definir a maneira que queremos conduzir nossas vidas?
Quando somos solteiras, vivemos vários dilemas: Posso ou não tomar a iniciativa? Devo ou não ligar no outro dia? Devo ou não ir pra cama no primeiro encontro? Se eu for fácil ele não vai gostar e vai me deixar, se for difícil ele vai cansar e cair fora achando que estou querendo “dar uma de santinha”... Essas e outras questões com certeza já passaram pela cabeça de nós mulheres em algum momento de nossas vidas.
Quando casamos também não ficamos livres dos comentários maldosos. Até hoje o homem pode ir a um barzinho com os amigos tomar uma cervejinha, pode passar o domingo todo jogando futebol com os “coleguinhas”, pode até virar a noite em uma festa que ninguém fala nada. Mas basta a mulher sair um dia com as amigas (independente do local)que começa a “falação”:- Essa ai num sei não...tenho certeza que trai o marido..Isso é roupa de uma mulher casada vestir? Viagem a trabalho?sei...coitado do marido não deve mais passar na porta de casa com tanto chifre na cabeça. E o que é pior esses comentários muitas vezes saem da boca de outras mulheres  que por não terem  coragem de fazer o que sentem vontade, ou por simplesmente não senti-la no momento,agridem verbalmente  as outras quem conquistaram o direito de serem elas mesmas.
Por favor, vamos parar com tanta hipocrisia, nós seres-humanos somos por natureza imperfeitos, ninguém é 100% bom ou mal, feio ou bonito, inteligente ou ignorante. Todos nós temos qualidades e defeitos e DEFINITIVAMENTE  o caráter da mulher não pode ser medido pela quantidade de homens que ela já se relacionou.
MULHERADA, os homes não tem o direito de exigir nada, não se sintam culpadas, por ficar com quem estiver com vontade, quem sabe o que devemos ou não fazer  de nossas vidas somos nós mesmas, não deixem que ninguém decida a direção que você deve tomar.

Isana Shasta.

domingo, 14 de agosto de 2011

Uma homenagem ao maior super-herói de todos...o meu pai, Luiz Alberto!!

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Apoio a vice-diretora de Salvador!!

Vice-diretora de um colégio em Salvador é exonerada por ter dado suspensão a um aluno após ele ter feito um ato indecente juntamente com outro colega na sala de aula.
Achei essa exoneração um VERDADEIRO ABSURDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Que loucura é essa, está tudo invertido mesmo. Um menino de 11 anos (que hoje em dia de inocente não tem nada, quem pensar que tem vá lecionar para meninos dessa faixa etária ) faz gestos obscenos e não pode se quer ser punido?? Pelo amor de Deus onde vamos parar. Eu sei bem como é essa "brincadeira" que os meninos ficam fazendo dentro do colégio, no colégio onde leciono meninas de 11 anos e até mulheres de 21 anos vão para o banheiro "brincar" entre elas. Felizmente já foram tomadas algumas providencias em relação a isso, os pais foram chamados e informados das atitudes das filhas. Para surpresa de todos uma das mães achou graça da situação e  achou ruim ter sido chamada ao colégio por isso.
Isso não tem nada a ver com ser ou não homossexual, o que importa é que colégio não é MOTEL e independente da "brincadeira" ser feita entre alunos do mesmo sexo ou não está ERRADA e não deve mesmo ser permitida nas escolas. É por essas e outras que a situação nas escolas publicas vai de mal a pior.


Isana Shasta

terça-feira, 10 de maio de 2011

11 anos sem minha anjinha !! Brisa Shasta !!

Há exatamente 11 anos atrás em um domingo de dia das mães eu perdi a minha primeira filha,Brisa Layane, ainda um bebê com apenas 1 ano e 2 meses de vida, um anjo que aos 4 meses de gestação fiquei sabendo que provavelmente não  teria por muito tempo comigo, pois após um consulta de rotina, onde fui p/ saber o sexo descobri que a minha menininha tinha hidrocefalia. Essa notícia me pegou de surpresa,sai do consultório desesperada. Com o passar do dias, de consultas ,de exames atrás de exames e de principalmente com o apoio de toda a minha família(pais , irmãs)e do meu ex marido consegui ultrapassar a fase da gravidez. 
Após o nascimento, travamos várias lutas contra a morte, a minha pequena anjinha era na realidade uma guerreira valente e foi assim de batalha em batalha, que passamos juntas o precioso tempo dela na terra.
Agradeço a Deus todos os dias pelo presente MARAVILHOSO, que ele me deu, sei que se ele a enviou para mim foi porque sabia que eu seria capaz de ama-la incondicionalmente. Através dela descobri o amor sem limites, aquele onde verdadeiramente, não pedimos nada em troca, simplesmente, amamos.Minha filha não sorria, não piscava, não andava, não comia pela boca (tinha gastrostomia) e não chegou a me chamar de mamãe, mas sei que ela me amava e que confiava em mim. Sei também que eu poderia ter sido bem melhor como mãe ( a gente sempre acha que podemos ser melhor)mas no fundo sei que fiz tudo que estava ao meu alcance para prolongar a vida da minha bb, porém confio em Deus e sei que ela está bem melhor ao lado dele. 
Durante esses 11 anos não existiu um dia onde eu não pensasse nela, mas sei que meu anjinho está sempre ao meu lado e que tudo de bom que acontece em minha vida tem uma mãozinha dela.
Hoje estou casada a 5 anos com um homem que eu amo e tenho uma filhinha de 2 anos e 11 meses, chamada Vida Maria, que é a  razão do meu viver, linda e super saudável. Sou muito feliz e só tenho a agradecer.
A lembrança do dia das mães de 2000, irá ficar para sempre na minha memória, mas os momentos de amor e carinho que passei ao lado dela também, e eles superam tudo. 
Eu te AMO, para sempre minha anjinha, Brisa Shasta !!!!!!!!!!!!!




Isana Shasta

segunda-feira, 11 de abril de 2011

De volta a realidade!! Lembrei porque professor é um herói!!!!! rsrs

É depois das férias e de 2 meses de licença médica, estou de volta a sala de aula. Bastou apenas os 10 primeiros minutos para que eu lembrasse o porque do professor ser o VERDADEIRO herói brasileiro. (rapadura é doce mas "né" mole não). K K K !!!! Pois é nós professores somos os verdadeiros heróis porque enfrentamos diariamente turmas super lotadas,escolas mal equipadas, alunos que não querem N A D A (alias querem, B R I N C A R ) que não respeitam nem os próprios pais, imagine um PROFESSOR!!
É duro mas é verdade, hoje mesmo tive que convidar dois alunos para se retirarem da sala, um menino e uma menina que estavam se batendo. Antes de partirem para agressão física trocaram os seguinte elogios: (resumidamente)
-Menino: Vagabunda
-Menina: Sua mãe aquela safada, horrorosa
-Menino: A sua aquela FDP
Nessa hora a menina levanta e vai para cima do menino que levanta tb e começa a briga. 
MEU DEUS!! Eu sou a verdadeira Mulher Maravilha só que não posso fugir com o meu super homem. rsrs
E esse foi apenas o primeiro dia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Isana Shasta

sexta-feira, 8 de abril de 2011

ARRASADA, com a tragédia na escola do Rio de Janeiro!!!!!!!!!!!!!!!!!

O que acontece com a mente humana?? Que motivos levam um jovem a entrar em uma escola onde estudou e matar várias crianças? Sem querer justificar ou defender esse ato horrível, acho que devemos ter mais cuidado com o que fazemos e falamos para os outros, principalmente quando se trata de crianças e adolescente que as emoções estão sempre a flor da pele. Muitos jovens sofrem perseguições  na infância e isso fica guardado até que um dia resolve sair e normalmente não sai coisa boa.
Eu como professora não posso deixar de pedir aos estudantes( uma vez que o bullying  acontece  na maioria da vezes em escolas) que não ofendam seus colegas que respeitem uns aos outros pois agressões físicas e psicológicas costumam deixar marcas para o resto da vida.


Isana Shasta

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Filme de Bruna Surfistinha, uma MERDAAAA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Meu Deus q filme é esse?? Simplesmente nada a acrescentar. Uma adolescente idiota ,de cabeça fraca q resolve sair da casa dos pais sem nenhum motivo plausível. Que mensagem transmite esse filme, que lição tirar ? NENHUMA, filme péssimo.
Espero que minhas alunas n assistam essa porcaria. Nada contra garotas de programa. Assisti ao filme pensando q veria a história de uma garota que por falta de opção entrou nessa vida(q de fácil n tem nada), mas que lutou para sair dela. Porém me deparei c/ uma menina que apenas gostava de fazer sexo e resolveu unir o útil ao agradavel, ou seja ganhar dinheiro com o que dava mais prazer a ela.
Vou torcer p/ q o cinema brasileiro continue fazendo bons filmes com Tropa de Elite e que lixos como esse de Bruna Surfistinha sejam uma exceção.


                                                                                    Isana Shasta